thumbs

Este mês rezamos por

"Permaneçam unidos e não se esqueçam que o amor vence tudo" Padre José Kentenich 

 

Seguindo o nosso Fundador e confiando profundamente no que Jesus nos diz: "Se dois de entre vós se unirem, na Terra, para pedir qualquer coisa, hão-de obtê-la de meu Pai que está no Céu. Pois, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, Eu estou no meio deles.» Mt 18, 19-20,

Abrimos esta nova secção para podermos conhecer e partilhar as alegrias, contrariedades, sofrimentos e desafios da Igreja e da nossa comunidade e suas famílias, e assim, na força da Aliança de Amor e da oração, a partir do Santuário e dos Santuários Lar, podermos cultivar os vínculos e sermos mais família, mais comunidade. Como diz o nosso Papa "quando uma família reza unida, o vínculo torna-se mais forte".

Nesse sentido, começamos por apresentar as intenções do Papa, para que a cada dia possamos unir-nos a toda a Igreja.

Partilhamos aqui as intenções da Liga de Famílias de Lisboa.

E, porque somos uma família feita de famílias, deixamos também a possibilidade de cada família fazer a sua partilha e pedir oração, mas também poder saber e rezar as intenções das outras.

Estas últimas estão apenas acessíveis a quem estiver registado. Peça o seu registo ou faça o seu login caso já tenha os dados.

 

  • Intenções do Papa Francisco | Novembro 2019

    rezamos por Papa.setembro

    Intenção

    DIÁLOGO E RECONCILIAÇÃO NO PRÓXIMO ORIENTE (Universal)

    Para que no Próximo Oriente, no qual diversas tradições religiosas partilham o mesmo espaço de vida, nasça um espírito de diálogo, de encontro e de reconciliação.

    Reflexão

    O tema da paz, do diálogo e reconciliação no Próximo Oriente, onde se encontra a Palestina, é uma realidade sempre presente, não só agora, mas ao longo de tantos anos. A Terra prometida por Deus ao seu Povo, a terra que Ele escolheu para viver entre nós e onde a Igreja deu os seus primeiros passos na evangelização tem sido palco de guerras, dissensões, extremismos que causam o sofrimento e a morte a tantas pessoas.

    Aqui convivem várias religiões (Cristianismo, Judaísmo e Islamismo) e, dento do Cristianismo, várias confissões cristãs (católica, ortodoxa e outras Igrejas de rito oriental). A convivência entre as várias religiões e confissões cristãs tem encontrado, infelizmente, mais motivos de separação do que união, por razões não apenas religiosas, mas sobretudo políticas e geoestratégicas. Tantos anos de conflito criaram profundas feridas, difíceis de sarar.

    Neste mês, o Papa Francisco pede à sua Rede Mundial de Oração que reze e se mobilize pelo esforço da reconciliação e da paz no Próximo Oriente. A primeira coisa a termos presente é que, apesar da distância física que a maioria dos cristãos tem em relação a esta zona, somos filhos destas terras, das suas tradições e da sua história. E, por isso, também nos devemos sentir responsáveis pelos nossos irmãos e irmãs na fé, unindo-nos espiritualmente a eles, sobretudo os que são vítimas da discriminação, perseguição e violência.

    O tema da paz, do diálogo e reconciliação no Próximo Oriente, onde se encontra a Palestina, é uma realidade sempre presente, não só agora, mas ao longo de tantos anos. A Terra prometida por Deus ao seu Povo, a terra que Ele escolheu para viver entre nós e onde a Igreja deu os seus primeiros passos na evangelização tem sido palco de guerras, dissensões, extremismos que causam o sofrimento e a morte a tantas pessoas.

    Aqui convivem várias religiões (Cristianismo, Judaísmo e Islamismo) e, dento do Cristianismo, várias confissões cristãs (católica, ortodoxa e outras Igrejas de rito oriental). A convivência entre as várias religiões e confissões cristãs tem encontrado, infelizmente, mais motivos de separação do que união, por razões não apenas religiosas, mas sobretudo políticas e geoestratégicas. Tantos anos de conflito criaram profundas feridas, difíceis de sarar.

    Neste mês, o Papa Francisco pede à sua Rede Mundial de Oração que reze e se mobilize pelo esforço da reconciliação e da paz no Próximo Oriente. A primeira coisa a termos presente é que, apesar da distância física que a maioria dos cristãos tem em relação a esta zona, somos filhos destas terras, das suas tradições e da sua história. E, por isso, também nos devemos sentir responsáveis pelos nossos irmãos e irmãs na fé, unindo-nos espiritualmente a eles, sobretudo os que são vítimas da discriminação, perseguição e violência.

    Não pensemos que este drama não nos diz respeito, pois é o drama da nossa família espiritual mais alargada, toca as raízes da nossa fé. Talvez um dos maiores motivos para a continuidade destes conflitos seja um certo conformismo e apatia, pensando que não há muito a fazer ou que é um problema demasiado grande para que o possamos resolver. Pelo contrário, a cada um de nós é-nos confiada a responsabilidade de criar, dentro das nossas possibilidades, horizontes de solução, destacando os esforços que já se fazem no sentido da paz e as iniciativas que se promovem de diálogo e perdão. E também ajudar a criar uma mentalidade cultural baseada num discurso não de ódio e preconceito, mas de verdadeira fraternidade e apreço pela diferença e riqueza destas grandes tradições religiosas e do bem que podem trazer ao mundo.

    Oração

    Senhor Jesus,
    vieste até nós e escolheste uma terra concreta,
    onde mostraste a todos quem és,
    revelando o amor do Pai por todos os seus filhos.
    Nós Te pedimos por todos os que
    vivem o drama da guerra, da divisão e da perseguição
    na Terra Prometida e nos países onde os teus Apóstolos
    anunciaram pela primeira vez o Evangelho.
    Que o teu Espírito toque o coração
    dos que são capazes de tomar as grandes decisões,
    para que avancem pelo caminho do diálogo e da paz.
    Pai-Nosso...

    Papa Francisco

    Desafios

    • Informar-se sobre a situação política e social do Próximo Oriente, divulgando os esforços e iniciativas que se têm feito pela promoção da reconciliação e da paz.
    • Colaborar, na medida do possível, com instituições que apoiam vítimas da guerra e da perseguição religiosa nestes países.
    • Na própria comunidade, promover um momento de oração e informação sobre a riqueza espiritual das tradições religiosas do Próximo Oriente, de modo a crescer na consciência da fraternidade que nos une.

    O vídeo do Papa

    Passo a Rezar

  • 1
  • Intenções da Liga de Famílias

    NSraSchoenstatt210

    Neste mês Janeiro 2019 procuremos rezar terço em família por estas intenções:

    • Oração pelos grupos que estão a trabalhar os vários temas
    • pelo Grupo que vai fazer Eneagrama disa 12 e 13 Janeiro
    • para termos equipa de Retiros e Arraial
    • pela corrente de SL e 

      pelas Leituras Guiadas
    • pelos casais que celebraram aniversário de casamento 50 anos: Ester Maria e António Rato, Manuela e António Ruivo e ainda no dia 12 de Janeiro Zita e Manuel Luis
    • Pelas famílias da nossoa Liga que têm pessoas doentes, pelos desempregados e pelas intenções das famílias 
    • Paz no mundo e nas famílias
    • Pelo Papa e pela Igreja em Portugal
    • Pelos frutos deste ano do PK e pelo compromisso apostólico de todas as famílias,

     Oraçao

    Deus Pai todo-poderoso, és o amor e a misericórdia.
    Somente Tu, como Pai omnisciente, compreendes tudo o que se passa em mim.
    Ajuda-me, Pai de bondade, nesta minha grande aflição.
    Atende-me por intermédio do padre José Kentenich.
    Como fiel sacerdote, ele amou tanto a Tua Igreja peregrina e
    procurou conduzir todos os que dele se aproximavam a um amor pessoal a Ti.
    Foi sábio e humilde conselheiro para toos os que dele precisaram.
    Concede-me, Pai eterno, o que o Pe. José Kentencih por mim intercede,
    especialmente a graça (...).
    Em sinal de gratidão, eu Te ofereço o precisoso sangue de Cristo,
    nas intenções da santa Igreja e por todos os que se encontram em grandes aflições.
    Querida Mãe e Rainha Três Vezes Admirável de Schoenstatt,
    intercede ao Pai eterno, que conceda ao Pe, José Kentenich a honra dos altares,
    como recompensa por todo o bem que fez à Igreja,
    para Teu louvor e a glória da Santíssima Trindade. Ámen.
    3 Glória ao Pai...

    Pode seguir aqui o processo de canonização do Padre José Kentenich

  • 1
  • Intenções de Famílias

    Famílias da Liga de Famílias de Lisboa,

    Disponibilzamos este espaço para que cada família possa partilhar com as outras famílias, qualquer acontecimento, projecto, desejo, esperança, preocupação, pedir a sua intenção e dar graças!
    Enfim, este espaço é para que possamos ir sabendo uns dos outros e para assim, em Aliança, nos alegrarmos juntos, sermos solidários uns com os outros!

    Aquilo que partilharem aqui só estará acessível às famílias e pessoas da nossa comunidade e que estejam registados. O mesmo é verdadeiro para que se possa ver as partilhas dos outros.

     

  • 1
Este site utiliza cookies. Continuando a navegar está automaticamente a autorizar os mesmos. Continuar